De meter medo II

Muitos comentários que tenho lido no twitter e outros sites de relacionamento sobre o assassinato de Elisa Samudio são de meter medo na gente!  e não só eu, Leda Nagle outro dia comentou comigo que tem  bloqueado muita gente no seu twitter também, pelo mesmo motivo.

É… a perversidade não é privilégio dos que foram capazes de cometer  o crime: tem gente que ri e até acha que foi merecida a via crucis da Eliza: quem mandou fazer filme pornô?!

Chocante, porque a maioria desses comentários preconceituosos e crueis vem de pessoas jovens e, em grande parte, mulheres! Gente que demonstra achar  muito mais reprovável fazer um filme pornô do que assassinar alguém!  e nem se dá conta da tortura a que foi submetida essa moça, sozinha, frágil, entre aqueles covardões cheios de músculos que a espancaram durante dias, entre uma partida de futebol e outra,  antes de leva-la para o sacrifício!

Gente que não se impressiona com a tortura a que foi submetido o bebe,  no quanto deve ter chorado e se agitado, com a mãe levando coronhadas e apanhando ao som de uma música alta o suficiente para abafar seus gritos de socorro!

Alguém me explica quem são essas pessoas? como é que elas funcionam?

106 Responses to De meter medo II

  1. Margot Ramos dezembro 5, 2010 at 9:16 pm #

    É impressionante como a hipocrisia reina, ainda assim me assusta. Nada nesse mundo justifica qualquer atrocidade dessa, NADA. Até parece que a Elisa é a única culpada, aliás, a mulher sempre é a culpada… É preciso mudar esse preconceito pq só a luta por justiça não basta. Mas pelo jeito tá difícil viu.

    Um abraço.

  2. Carla Antero maio 24, 2011 at 4:49 pm #

    Ainda bem que estes ainda se encontram presos né, pelo menos isso. Agora o corpo da Elisa, nada até hoje, teria mesmo sido dado aos cães?! Só sei que isso é tudo muito macabro.

  3. Leonardo agosto 11, 2011 at 3:04 pm #

    absurdo!!!! os valores da sociedade hoje estao completamente invertidos, Elisa era antes de tudo um ser humano e nao merecia o q sofreu sob prerrogativa alguma!!! O preconceito tambem mata!!

  4. lucimar dezembro 9, 2012 at 8:30 am #

    cometer crime no BRASIL é muito simples, não é mesmo?
    num emaranhado de leis e brechas que da pra passar um caminhão de impunidade…se matar mulher…ela deu causa, deve ter provocado…mulher da vida…reduz-se a pena…se for pobre…quase nunca se investigam…se for o marido…ou namorado…e por amor…passional…reduz-se a pena…e se for bonzinho na cadeia…ah! esse nem precisa ficar lá….e assim vamos que vamos…no paraiso da eterna tolerancia…viva o BRASIL…..QUEM SABE UM DIA…VIVEREMOS NUM PAIS DE GENTE MAIS SERIA…E TEMEROSA À LEI.

  5. Dirlene Silva dezembro 15, 2012 at 8:19 am #

    SOU A PESSOA QUE FICOU COM ELE QUANDO ELE FOI ENCONTRADO PELA POLICIA.ASSUSTADO, AMENDRONTADO,CARENTE.FIQUEI O TEMPO TODO COM ELE AGARRADO EM MIM.COM CERTEZA ELE PRESENCIOU MUITA COISA.
    NOS NUNCA SABEREMOS O QUE ELE LEVA DENTRO DO CORAÇAO, MAS SEI QUE ALI TEM ALGO REGISTRADO.
    QUE DEUS O ABENÇOE MUITO, BRUNINHO FOI UM PRAZER TE SER O ALENTO QUE PRECISOU NAQUELE MOMENTO.

  6. Dirlene Silva dezembro 15, 2012 at 8:20 am #

    SÓ PARA ESCLARECER:

    FIQUEI COM ELE PORQUE SOU A DIRETORA DO ABRIGO A QUE ELE FOI ACOLHIDO EM CONTAGEM.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes