Nascimento e óbito de Mauro

Quando Euclides voltou do Acre, em 1905, depois de quase dois anos de ausencia, Saninha estava grávida de 6 meses. O menino, que se chamou Mauro, morreu de deficiência congênita poucos dias depois do nascimento. As certidões de nascimento e óbito constam do livro escrito por Dilermando de Assis: “A tragédia da Piedade”

No comments yet.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes