O Clone

Material de pesquisa da novela

11 Responses to O Clone

  1. Franciele maio 18, 2011 at 3:08 pm #

    seu trabalho em O Clone foi maravilhoso, estou tendo a oportunidade novamente de assistiir, qndo passou daa primeir vez eeu eraa muitoo nova entãaoo num me lembro mto beem de algumas partes ..
    gostaria de saber see aagora por estar passando aa tardee, teem alguuma cena da Mel que será cortadaa? ee qual expecificamenteee? too muitoo anciosa paara chegar essaa partee daa novelaa, ja eraa pra taa comeeçando apareceer née? porque por enquanto começou aparecer um pequeno envolvimento dela com as drogas sóo ..
    agradecida desdee jáa, me respondaa, por favoor
    beeijoos ee parabens noovamente !

  2. Carla Antero maio 30, 2011 at 8:16 am #

    “O Clone” é demaaaiiisss, adoro, de todas as suas novelas, essa é a minha preferida, mas gosto de todas, agora minha preferida é essa e “Barriga de Aluguel”! Sinto falta quando nenhuma novela sua está no ar. Pena que não tenho acompanhado a reprise de “O Clone” pois trabalho, eu assisti na primeira vez que passou mas tem muita coisa que eu não lembro mais! :/

  3. Nilton Muhongo junho 25, 2011 at 6:35 pm #

    Eu sou angolano e acredita, Gloria, não ha ninguem mais apaixonado por essa novela do k eu…estou nesse momento baixando alguns videos do youtube só pra matar saudade,não vejo a hora da globo passar algo que realmente vale a pena ver de novo.Bjs muitos parabens e sem querer parecer abusado,eu continuo a espera de uma melhor que essa pk ainda não vi rsrsrrsrs,e por favor em uma proxima “trama” volte a reunir Murilo e Geovana e use gemeos.BJx!!!

  4. genni capinan junho 30, 2011 at 4:08 pm #

    olá gloria perez , sou genni capinan sou atriz de salvador -ba . adoro seus trabalhos , estou adorando a reprise da novela o clone . aproveito o contato para lhe pedir uma oportunidade de participar de alguma novela sua , adoro suas novelas de como ela é feita pesquisada a cultura de um outro povo de um outro país.gloria perez trabalhar com vc é um dos meus maiores sonhos . já participei de varios trabalhos aqui em salvador , grupos de teatro ,agora tenho esta pretensão que é trabalhar na tv ,será que vc me dá essa oportunidade ?. aguardo respostas anciosas e positivas . um forte abraço. genni capinan drt-ba 3340

  5. Rodolpho agosto 6, 2011 at 11:16 pm #

    Glória, é um pedido… Moro no Canadá e agora teremos aqui na CTV uma série sobre a maravilhosa coapnhia aérea PAN AM. Ao ver as chamadas na TV aqui, imaginei logo você escrevendo uma sobre a nossa ESTRELA BRASILEIRA, a VARIG. Só você teria mãos mágicas para escrever e descrever tudo o que ela um dia representou para nós Brasileiros e a falta que nos faz… Grande abraço e parabés por todos os seus trabalhos! Deus te abençoe sempre.
    Rodolpho.

  6. Rafael Pires agosto 15, 2011 at 4:32 pm #

    Oii Gloria, minha querida, minha DIVA!
    eu sou apaixonado por vc, vc é fantastica…
    cara, Eu AMOOOOOOOOO O Clone e nunca esqueço das aventuras da Jade(como sofre essa moça hem?)kkk
    quando passou a primeira vez eu tinha apenas 8 anos
    + eu nunca eskeci, agora 10 anos depois, eu sinto a mesma emoçao quando assisto, todo dia quando passa a abertura, é o mesmo “arrepio”. se m duvida vc é a maior escritora d telenovelas brasileiras.
    rsrssr
    eu te acho o maximo, um dos meus maiores sonhos é te conhecer pessoalmente um dia. espero q isso aconteça
    Te amo querida
    grande beijo!

  7. Andreia Silva agosto 18, 2011 at 5:51 pm #

    As mulheres sabem como se vive a vida… eu adoro seu site. Beijo.

  8. Raphael Aguiar Oliveira setembro 10, 2011 at 3:13 am #

    Oi, Glória ! Comentei sobre ” O Clone ” no Twitter, mas aqui posso sintetizar melhor minhas impressões, sem a restrição dos 140 caracteres.
    Ao terminar de assistir à reprise, ontem, fiquei com a mesma sensação que tive no término de sua primeira exibição, em 2002: Foi a melhor novela de todos os tempos.
    Parabéns por sua coragem ao abordar temas tão complexos como clonagem humana e cultura islâmica. Pela competência ao desenvolvê-los de forma leve e muito clara cada um em seus aspectos mais profundos, e a forma como os fez cruzararem-se, na ficção. Belíssima também a campanha sobre dependência química; informou, desmistificou e, acima de
    tudo, emocionou.
    Parabéns pelos núcleos de humor, que não perderam o fôlego em nenhum momento. Pela escolha do elenco magnífico, onde não posso deixar de citar as impagáveis atuações de Giovanna Antonelli, por sua Jade sofrida, mas sem pieguice; Murilo Benício, por ter capturado com exatidão os conflitos existenciais de Lucas e Léo. Daniella Escobar, perfeita em todas as fases e nuances da Maysa; Marcello Novaes e Débora Fallabella em perfeita sintonia com seus dramas. O impecável Osmar Prado, roubando a cena ( como sempre ) com o seu Lobato; Parabéns a você por sempre lembrar-se do enorme talento da injustiçada Neuza
    Borges que mais uma vez emocionou e divertiu com a doce e ranzinza Dalva; O sempre perfeito Reginaldo Faria, do drama à comédia, em sua dobradinha magistral com Vera Fischer; A belíssima atuação de Adriana Lessa pela mãe sofredora, cujo
    único sentido de sua vida ( Léo ) estava sempre escapando-lhe pelos dedos. O perfeito Said, de Dalton Vigh, imcompreendido sob a ótica do homem ocidental,
    entretanto pegou o ponto certo do conflito entre sua devastadora paixão por Jade e o orgulho do homem muçulmano, amparado por suas rígidas e seculares tradições. Os maravilhosos Stênio Garcia e Jandira Martini pelos carismáticos Tio Ali e a ” Mãezona ” Zoraide. E, por último, a interpretação densa e teatral do excelente Juca de Oliveira,
    perfeito nas incongruências de personalidade do vaidoso, egocêntrico, narcisista e ao mesmo tempo covarde Albieri. Albieri foi o personagem que ” temperou a trama “, sem
    dúvida. Fico triste em não conseguir citar todos à altura de suas atuações.
    Parabéns pela Magnífica direção do Jayme Monjardim e do Marcos Schechtman, entre outros, com a sutileza ímpar de suas câmeras e pelo requinte da cenografia. Sem falar da ”
    espetaculosa ” trilha sonora. Comparando ” O Clone ” e ” Caminho das Indias ” com as demais novelas das oito dos últimos 10 anos eu diria que os outros autores merecem,
    todos, sem exceção, arderem no mármore do inferno, inshalah ! Concordo plenamente com um internauta que lhe citou como a melhor escritora da teledramaturgia brasileira. Um abraço de um grande fã do seu trabalho e sucesso em suas próximas
    produções.

  9. Lilian setembro 10, 2011 at 8:03 pm #

    Glória se puder, entre no site wikipédia, a enciclopedia livre, pesquise: O clone
    Lá tem toda a historia da novela, o elenco; mas o que achei estranho é que fala sobre o final do Said um pouco diferente: que ele se casa novamente e passa a ter 3 ESPOSAS e a Jade tem 1
    FILHO chamado BRUNO FERRAZ.
    Onde encontraram este final???

  10. andreia setembro 12, 2011 at 12:53 pm #

    Oi Glória! Parabéns pelos trabalhos realizados, em especial, O Clone que marcou nossas vidas! Gostaria de sugerir uma continuação de O Clone após esses quase 11 anos, fico imaginado como seria a vida de cada personagem… e vislumbrando o reaparecimento do Albieri juntamente com o Léo prá deixar tudo de cabeça prá baixo… os demais personagens e suas vidas atualmente e claro, com todasua criatividade, novos personagens numa nova trama espetacular, como tudo o que vc faz. Pense nisso… vai ser sucesso total! Bjo!

  11. Rafael Kühl agosto 13, 2015 at 6:52 am #

    Glória, sou um grande admirador dos seus trabalhos! Lembro-me perfeitamente que a primeira novela sua que eu assisti foi O Clone. Desde então, sempre que pude, acompanhei suas novelas. O que mais gosto nas suas novelas, é que você sempre apresenta culturas diferentes do Brasil…sempre aprendemos muito. Com a Caminho das Índias, comecei a sonhar com Dubai, por exemplo…engraçado é que, depois de alguns anos, tive o prazer de fazer escala no aeroporto de Dubai…quando desci e comecei a andar eu disse:
    – estou na novela Caminho das Índias kkkkk
    Enfim…gosto muito de escrever e sonho escrever uma novela e a mesma ser exibida kkkk
    Gostaria de dar uma sugestão:
    Faça uma novela fazendo uma relação entre Brasil e China. Passei algumas semanas da China e ela tem muita coisa diferente e tal…já tentaram fazer tramas envolvendo a China, mas nunca conseguiram fazer algo bem feito. Sei que você consegue!
    Um forte abraço!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes