Pesquisa de Dupla Identidade

Clique AQUI  para entrar no Blog da pesquisa da série.

27 Responses to Pesquisa de Dupla Identidade

  1. Debora Maria junho 16, 2014 at 5:13 pm #

    Acho que ter uma persoanlidade já não é fácil imagine uma bipolar que sai de um jeito quieto e virá uma doida desvaiarada deve ser dificil ou ainda ter uma identidade e roubar uma de outra pessoa também é complicado

  2. Neide Martins junho 30, 2014 at 7:16 pm #

    Boa noite Glória, sempre admirei seu trabalho e sonho em participar de algum deles, cuidei primeiramente de minhas filhas e depois segui meu sonho, finalmente tirei minha DRT, e gostaria de saber como fazer um teste para participar de algum trabalho seu, agradeço muito sua atenção.

    Abraços, att.

    Neide

  3. Ricardo Ita julho 11, 2014 at 12:34 pm #

    Boa tarde Glória!

    Assisti esse documentário sobre MENTE HUMANA , e resolvi indicar ..caso vc ainda não tenha visto , pois vejo que vc tem feito pesquisas sobre temas associados.

    Espero que vc ache interessante, pesquiso bastante sobre comportamento especialmente quando escrevo..Sorte , sucessoe saúde.. Abraços!

  4. Ricardo Ita julho 11, 2014 at 12:36 pm #

    http://www.youtube.com/watch?v=7s9WLg3XhUE

  5. Horacio julho 18, 2014 at 12:56 pm #

    Boa tarde Gloria. Achei interessante a temática que está propondo, nos temos uma equipe de qualificados peritos forenses que queremos por a sua disposição. Acho que pode sair algo interessante. Grande abraço e muita sorte!!

  6. Gloria Perez julho 19, 2014 at 9:55 pm #

    Muito bom! mandei para a equipe! você viu o blog onde estou disponibilizando a pesquisa? gloriaperez.com.br/duplaidentidade

  7. Marcelo agosto 8, 2014 at 7:01 am #

    A Ciência nos ensina que as aparências enganam. Parece que o Sol se move ao redor da Terra e o mesmo ocorre com os psicopatas.
    x+1=5, 1 e 5 são as aparências e x é o oculto. Muitas pessoas erram para descobrir o oculto e é por isso que grandes cientistas são raros. Conseguir descobrir que uma pessoa é psicopata é como acertar o valor do x ou ser um grande cientista.

  8. Marcelo agosto 8, 2014 at 7:17 am #

    Há um programa do canal A&E, chamado Investigação criminal, que relembra crimes. Guilherme de Pádua gostaria de ser lembrado nesse programa?
    Paula Thomaz tenta ser esquecida e procura se reinventar, como se tornasse outra pessoa. Outros assassinos também fazem isso.

  9. Paulo Lopes agosto 8, 2014 at 3:29 pm #

    Oi Glória, tenho uma ótima história e gostaria muito de compartilhar com você. A história é a da minha vida.
    Como eu faço para te enviar em privado?
    Abraços,
    p.

  10. Aparecida Abreu setembro 7, 2014 at 11:04 am #

    Gostaria imensamente de poder entrar em contato com vc Glória Perez. Desde início da minha adolescência adoro, os livros de Agatha achaste. Adoro mistério, e decifrar a mente humana, por
    Motivo de doença de minha mãe, quase não saia, meu desafio montar quebra cabeças. Fiz faculdade de Serviço Social, mas
    Deveria ter feito psiquiatria. Consigo decifrar com bastante facilidade D mente de pessoas normais, até sei a resposta até corporal que elas vão dar. Gosto de desafios, as pessoas me entediam, costumo dizer que vim de outro planeta.cara quria muito falar contigo. Abraços. Aparecida

  11. Aparecida Abreu setembro 7, 2014 at 11:12 am #

    Falar tipo por internet , sei lá, hoje depois da menopausa que claro eu tive depressão, só consigo que meus cachorros me entendam sou tipo assim; alguém me pergunta, alguém chat claro, sabe o village mall, dai eu ; ou nem sei o que e isto e um condomínio?
    Ando cansada das pessoas normais saca; ou então fico observando as pessoas falando, as expressões, e reparo, tipo assim, está mentindo, aumentou . Mas sou norma! Já mandei até Twitter para vc meidentifico demais com a Dr. Vera

  12. Kenya bui setembro 8, 2014 at 2:19 pm #

    Como fazer para comunicar com você?

  13. Nogueira setembro 14, 2014 at 6:32 am #

    Estou contanto os dias para ver seu mais recente trabalho. Deus te ilumine para que continue nos iluminando com a sua criatividade, respeito e inteligência cidadã. Saúde paz e sucesso. Ahh alegria. Viver sem alegria nãoooooooo pode. Nunca. Bjs

  14. Ana Paula setembro 19, 2014 at 1:12 pm #

    Oi Glória!

    Adorei a ideia da série policial. Temos um site e uma página no Facebook sobre literatura policial, onde escrevemos artigos e repercutimos notícias sobre autores e romances policiais, nosso gênero literário favorito. Deixo um convite para você conhecer nosso trabalho:

    http://literaturapolicial.com/
    https://www.facebook.com/literaturapolicialcom

    Abs e sucesso! Ana

  15. Vivian Costa outubro 9, 2014 at 4:15 pm #

    Olá, gostaria de parabeniza la pelo perfeito perfil desse tipo de psicopata. Fui casada com um por 3 anos, e a historia é exatamente igual.A conquista do jantar, vinho,bom de cama, narcisista, muito sensível,chorava facilmente de emoção, isto tudo no inicio, quis noivar e casar em 1 ano.Os planos dele era infernizar a minha vida, me destruir como pessoa, ferindo de maneira sutil o meu ego, minha autoestima e dividir suas contas c alguém, pois tudo era dividido em 2, aparência muito parecida c a do Eduardo, gostava de td no lugar, etc.Fiquei muito doente, descobri q ele nunca me amou. Hoje me emociono de assistir cada cena, é. Idêntico ao meu ex marido, ele teve problemas sérios de família e ainda era bissexual. Obrigada pelo espaço! Abraços

  16. Leticia Melo outubro 14, 2014 at 9:32 pm #

    Glória , quero te dizer q te admiro muuuuuuito , principalmente pq vc aborda temas de UTILIDADE PÚBlICA . Vc já ajudou tanta gente . SEMPRE sonhei com o dia em q vc fizesse algo sobre transtorno de personalidade borderline , tenho esse transtorno e Glória quanto sofrimento … , já durmi no banheiro cansada de tanto chorar depois de um fora , já me cortei e acho q de tanto sofrimento nao senti dor , já fiquei 6 meses sem conseguir entrar no quarto em q durmia com um ex namorado , já chorei na rua quando sentia o perfume de um ex …. ,ah foram tantas coisas …,a cena da Ray quando o Edu sumiu foi perfeita ,só um border entende. ENFIM , PARABÉNS QUANDO A GENTE V NOSSO PROBLEMA EXPOSTO TEMOS MAIS CORAGEM para enfrentá-lo .Obrigada por mim e por todos q sofrem dos males q a sociedade ou desconhece ou muitas vesez chama de bobagem. Bjs

  17. luiz burlamaqui outubro 16, 2014 at 12:37 am #

    boa noite gloria te vi no programa do jo falando sobre seu novo trabalho dupla identidade q trata de serial killer.Existe um documentário de Luciana burlamaqui da década de 90 onde ela entrevista uma serie de serial killer e onde eles confessam seus crimes de maneira chocante inclusive a única entrevista com Chico Picadinho a mais impressionante de todas.Como talvez este trabalho te ajude na pesquisa estou te revelando e vc pode encontrar a documentarista no google.um abraço e boa sorte lb

  18. Kaliandra outubro 17, 2014 at 7:11 pm #

    Glória, sou estudante de Psicologia, e criei uma nova escala voltada para o observador, de grande validade para possíveis vítimas de Psicopatas, um trabalho com muita seriedade, a escala já está sendo validada e levada a congresso. Procurei seu e-mail, mas não encontrei, então, eu quero usar uma frase da personagem da Luana Piovani, o artigo é baseado no CID 10 F60.2, DSM 301.7, em relatos, na escritora e médica Psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, gostaria muito de lhe pedir autorização para usar a frase, e até algumas características de um Serial Killers baseado em seu seriado, que nos tem sido muito útil, é de grande importância para minha equipe sua autorização. Parabéns pelo excelente trabalho, e aguardo muito ansiosamente sua resposta! Gratidão

  19. Vanessa outubro 17, 2014 at 9:14 pm #

    Oi Glória!

    Tenho um respeito imenso por ti;você é um ser humano especial e iluminado.

    Eu gostaria muito de ter assistindo a sua estória incrível….como todas as outras, PORÉM, não suporto a Luana Piovani e por causa dela não consegui assistir.

    Por favor, tirem essa chata da TV!!!!

  20. Andrea Ximenes outubro 19, 2014 at 12:46 pm #

    sra Glória Perez, sou formanda do curso de direito na Puc Goiás, em Goiânia e o tema do meu TCC e Psicopatia e o Sistema Penal, sabendo de seus longos laboratórios par tudo que escreve , venho lhe solicitar, dentro do que for possível , material, entrevistas, o que puder. Grata Andrea ximenes / 062-81272361

  21. VANONE RAPMAN novembro 9, 2014 at 6:24 pm #

    GLORIA QUERIDA SOU ADMIRADOR TOTAL DE SEUS TRABALHOS,QUERIA TIRAR UMA DÚVIDA SOBRE O PERSONAGEM,POR QUE ELE COLOCA AS VITIMAS EM POSES DE QUADROS TIPO O DO PINTOR FRAANÇES PIERRRE-AUGUSTE RENOIR, E COMNO COMEÇOU ESSA DOENÇA DELE? ISTO SERÁ RETRATADO NOS PROXIMOS CAPITULOS,PELA TRILHA SONORA QUE EU PERCEBI SAO 10 MÚSICAS NO TOTAL E NA ULTIMA SEXTA FEIRA DIA 07-11-2014 A RAY DECIDIU “DEDURAR ELE” QUE EM CONTA SERIA O CAPITULO DE NUMERO “7” NOS CAPITULOS SEGUINTES TERA ALGUMA EXPLICAÇÃO DELE DO EDU POR SER ASSIM E SE TORNAR UM ASSASINO EM SÉRIE? ADOREI A IDEIA SUA DE PRODUTORA COLOCAR O GRUPO SEPULTURA COMO TRILHA SONORA AS MUSICAS DELES CRIADAS RECENTEMENTE PARA O NOSSO SERIADO BRASILEIRO MINHA MENTORA,É INCRIVEL.. TE ADMIRO MUITO,UM MACAENSE AQUI NO INTERIOR DO RIO DE JANEIRO E RAPPPER E COMPOSITOR QUE TE ADMIRA COMO MULHER E POSTURA E ALEM DE GRANDE PRODUTORA!

  22. Teresa dezembro 5, 2014 at 6:22 pm #

    Olá Glória,
    estou adorando o seriado Dupla Identidade, adoro a observação da mente humana, do comportamento… Muito interessante… Mas seria tão bom se os capítulos fossem apresentados todo dia… Uma vez por semana fica muito distante “a discussão”.
    Um abç,
    Parabéns pelo,seu trabalho

  23. André dezembro 10, 2014 at 9:54 pm #

    Com total sinceridade.

    Eu sou fanático por romances policiais, séries policiais, criminalística, criminologia e tudo o que tange – pretendo inclusive ser escritor um dia. A primeira vez que li sobre você foi no livro da Ilana Casoy A Prova É A Testemunha, onde ela relata que você comparece a alguns julgamentos como foi o caso dos Nardoni. Quando fiquei sabendo da série Dupla Identidade eu sabia que seria algo legal e não me decepcionei.

    Logo de cara o enredo me fisgou totalmente, e como se não bastasse, todas as referencias da minha vida como entusiasta da criminalística, criminologia e ficção policial estavam lá já no primeiro episódio: o relógio quebrado, as citações, o modus operanti do Ted e até as referencias as novas tecnologias de investigação como o Scanner ZF.

    Já no segundo episódio, eu fiquei procurando alguma falha ou ponta solta mas não encontrei, a não ser o fato de que não é permitido experimentar roupas íntimas em lojas de roupa como a personagem da Débora Falabella faz. Observação esta feita pela minha brilhante namorada. Algo que me fez notar que a mente feminina pode ser tão ou mais curiosa que a de um serial killer!

    Em suma, acredito que o Dupla Identidade é mais do que uma roupagem brasileira a séries de crime americanas, ele é totalmente diferente, não é enlatado, não tem as falas rápidas e frias típicas dos americanos (os atores contribuem muito), é envolvente e eu nem vou começar a falar do Eduardo, que já está na minha lista de vilões preferidos (sim, eu tenho uma lista de verdade).

    Parabéns pelo trabalho!

  24. Claudia Gall dezembro 17, 2014 at 4:28 pm #

    Boa Noite,
    Gostaria de saber por gentileza qual e o email que eu posso enviar para Gloria Perez.

    Grata

    Claudia

  25. Miguel Arcanjo dezembro 22, 2014 at 5:26 am #

    Tenho um ideia para a segunda serie de dupla identidade, “Um Maniaco Sexual e Hacker, que usa seu conhecimento e charme para ganhar dinheiro e destruir vidas e forma sórdida e oculta”.

  26. keity abril 25, 2015 at 11:14 pm #

    eu convivi por 15 anos com alguem com dupla personalidade sei exatamente como é ser vitima e pior amar alguem assim se eu for relatar sobre isto teria que falar sobre 4 homens num só corpo , evitei inumeras tragédia usando o piscologico da pessoa para que não fizesse algo ruim até perceber que o meu piscológico acabou se abalando e perdi o controle ainda estou tentando me livrar destes 4 homens poque todos me procuram talvez o verdadeiro ainda esteja escondido apesar de eu não ve-lo mais ;quero dizer aquele a quem conheci aos nove anos mas eu não o vejo a 4 anos e este é o que eu amo, um é imoral e pervertidoé o pior deles, outro ganancioso e manipulador,o outro indeciso e agrecivo, oque morreu era divertido espontaneamente , se cuidava em não magoar as pessoas amava trabalhar , adorava fazer piadas para ver as pessoas rirem

  27. Priscila costa maio 4, 2015 at 3:37 pm #

    Oi Gloria meu nome é Priscila e venho hoje aqui conta um pouco da minha história de amor com um psicopata. Estava eu sentada, na escada da academia mexendo no celular e como sempre sintindo a dor da solidão depois de viver alguns relacionamentos, fracassados digitei um texto em Sms para meu amigo” esperando o príncipe encantado” quando ele apareceu sorridente, charmoso, simpático me chamou para malha e ficamos conversando e como em um encanto me afeições a ele e em menos de um mês estava apaixonadíssima por ele, nossa ele wra tudo que sempre quis e sonhei era a perfeição de pessoa na minha vida o homem que toda mulher quer carinhoso, atencioso, romântico dizia que me amava todos os dias e assim ele foi durante 8 meses se escondeu de todos até amostra seu lado sombrio. Mentia dissimulada contava histórias mirabolantes quem nem eu consguia acredita me manipulava, e por várias vezes tentou me domina e vendo que eu não o obedecia me humilhava. Ele dormia demais, comia demais, malhava de mais tudo em excesso tinha crença no misticismo na rua todos os mamava dentro de casa os odiavam colecionava relacionamentos que não deram certo e junto um baú com a fotos de todas as 16 anamoradas. Não conseguia intende o que se passava na mente dele cada vez mais inacessível frio irritado vijante na sua propria mente doentia dormia ao lado dele com medo até que perto do fim do relacionamento ele me disse em frias palavras não da mais eu te amo mais o que existe dentro de mim me impede de ser normal, sabe quando a minha mãe fala que eu sou ruim e você não intende e disso que eu falo do que existe no meu peito queria saber o que é isso mais não sei porque sou assim tenho vontades de fazer coisas com você que você nem imagina, não estou dizendo de trair e sim coisas que se eu te contasse você não iria nem acredita vai embora enquanto o que existe dentro de mim esta deixando porque se não, não sei o que vai acontecer com você. E assim eu parti da vida dele deixando para trás mais uma foto em meios as das outras mulheres loiras e bonitas agora minha foto e mais um troféus para esse psicopata.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes