Lançamento

O livro da Ilana é uma transcriçao fiel e detalhada do julgamento do casal Nardoni.

Em todo caso policial de grande repercussão as pessoas escutam muitas versões. E num país como o nosso, que dá aos reus o direito de mentir e caluniar em defesa própria, elas tomam proporções incontroláveis, nas páginas dos jornais e programas de TV.

As dúvidas semeadas acabam permanecendo, porque os julgamentos -onde elas são desmontadas ou nem sequer chegam-  são restritos a uma pequena platéia. E se essas versões ocuparam com destaque as páginas do noticiário durante os anos que separam o crime da realização do juri, a verdade resgatada no Tribunal só terá a página do dia seguinte. Depois, morre o interesse.

Por isso esse livro é tão importante. Além de fazer o registro de um julgamento que é um marco na história do judiciário brasileiro, ele permite que o grande público tome conhecimento das provas que condenaram o casal Nardoni, e impossibilita que daqui a um tempo estejam nos programas de TV e nas páginas das revistas, sugerindo que ainda existam “versões”a fabricar!

13 Responses to Lançamento

  1. Lucia agosto 12, 2010 at 4:09 pm #

    Muito legal Gloria….

    Eu gostaria de saber sobre o livro que vc esta escrevendo…sobre a vida da Dany…

    Eu sempre pergunto no seu Twitter…rsrsrrs!

    Gloria querida…um grande beijo…sei que ontem foi aniversario da querida Daniella…Parabens pela filha q teve…que agora e uma linda estrelinha no Ceu!

    Ahh e obrigada pelo Blog “Arquivos de um Processo”
    Na parte “Dany” faz agente sentir que a Dany ainda esta bem pertinho da gente!

    Ahh eu mandei um E-MAIL PARA O CAT DA TV GLOBO..DEI UMA SUGESTÃO DE UMA MATERIA PARA HOMENAGEAR A DANY…para que essa turma nova saiba quem foi Daniella…afinal ja se passaram 18 anos….meu filho por exemplo…ele por acaso viu a entrevista do MONSTRO no Ratinho como ela ja sabia do que se tratava fez eu contar tudo de novo querendo saber mais detalheres..sempre mostro videos da Dany pra ele…e ele com 9 anos me pergunta….”Pq nè mãe…pq ele fez isso com ela?”
    Então sugeri q fosse feito essa homenagem…uma entrevista com vc para divulgar mais o Blog e para vc contar um pouquinho do que vai ser no livro.

    Gloria nòs q somos fãns da nossa Querida Daniella …..Precisamos refrescar a memoria de muito brasileiros e tambem dessa Turminha nova,para mostrar quem foi ela…essa linda atriz,bailarina maravilhosa..otima filha…enfim uma pessoa maravilhosa……….

    Bjos Gloria e obrigada mais uma vez!

    Lucia Carvalho**

  2. Teresa agosto 12, 2010 at 4:34 pm #

    Muito bom……
    Porque tem “tanta” gente querendo criar assassinos…
    escrever livros dando sua teoria…desmerecer a perícia…..
    que foi perfeita….Só falta dizer que foi o “Gasparzinho ”

    Tava quase chegando ao ponto de dizer que foi a propria isabela que matou a si mesmo….

    Glória te admiro muito…….

  3. Joao Batista |Santos agosto 12, 2010 at 4:45 pm #

    Oi Gloria!

    É verdade, no Brasil a vítima é colocada no banco dos réus e tem a sua história bombardeada por calúnias sem fundamentos.

    Essa lei que protege o suspeito, tem que ser revista. Onde já se viu, o criminoso ter o direito de obstruir as investigações, alegando que tem a permisão de mentir e desmoralizar a seu favor?
    Deveria ser o contrário: A cada mentira e calunia, dita pelo suspeito, a sua futura pena aumentaria em um ano.

  4. Kito Mello agosto 12, 2010 at 4:54 pm #

    Como roteirista e escritor, uso os livros da Ilana como fonte de pesquisa para a criação de algum personagem que possua um perfil parecido com os dos monstros que ela tão bem radiografa para todos nós.

    Aliás, gosto de ver essas pessoas retratadas nas telas, como a Yvone, de Caminho da Índias, por entender que, quanto mais eles são expostos, mais o cidadão comum pode reconhecê-los e deles se defender.

  5. Palewa Merçon agosto 14, 2010 at 6:54 pm #

    Glória, não consigo postar comentários no blog novo que criou sobre a Dany e o processo… não sei o que acontece… mas queria te perguntar uma coisa, quando irá trabalhar no livro sobre a Daniella? Já tem previsão? Estou ansiosa, quero muitas novidades e fotos novas dela, tá? Um beijo querida, se cuida!

  6. Fátima T. agosto 15, 2010 at 4:56 pm #

    Gloria , já estou lendo o livro da Ilana , que tal como os anteriores é otimo. Gostei do que você e Promotor Cembranelli escreveram. Enfim , é um ótimo livro que dá vontade de ler sem parar até o final.
    Parabens à Ilana por mais este trabalho e à você por sua luta por justiça.
    Beijos
    Fátima T.

  7. Fernanda agosto 15, 2010 at 11:28 pm #

    Vou ver se consigo ir ao lançamento. Só tem uma coisa positiva nas leis do Brasil, a de não apresentar novas provas nos últimos instantes da condenação, isso iria ajudar muitos assassinos. A emenda popular foi fundamental para nosso país, quando foi recolhido milhares de assinaturas para a mudança de uma de nossas leis ultrapassadas. Mas ‘carecemos’ de mais justiça, justiça justa.

    Um grande beijo e um abraço apertado.

  8. FY agosto 17, 2010 at 3:55 pm #

    Desculpe incomodar a senhora, mas gostaria que propusesse a Ana Beatriz Barbosa, grande escritora e psiquiatra como a Illana Casoy, a ideia de escrever um livro sobre o autismo, incluindo a Síndrome de Asperger, forma particular e leve de que estou cada vez mais convicto de que sou portador. Há muitos mitos e confusão sobre esse assunto, acho que fui vítima delas e um livro sobre este tema poderia desfazê-los e esclarecer muitas pessoas. O autismo(incluindo a Síndrome de Asperger) poderia ser assunto de uma próxima novela sua, com o Bruno Gagliasso, que é excelente ator, interpretando possivelmente um portador dessa Síndrome e o Dr.Castanho “ressucitado” para explicar brilhantemente as minúcias e peculiaridades deste complexo problema. Ficam as sugestões e o desejo de muito sucesso para a senhora, a Illana Casoy e a Ana Beatriz Barbosa Silva.

  9. amanda agosto 19, 2010 at 2:19 am #

    Glória, por favor, tens um email que possas me dar para que eu possa entrar em contato com vc? Abraço, Amanda

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes