Caso Bruno: bateu desespero!


Como sempre acontece quando há culpa no cartório, as versões se sucedem, ajustando-se, encaixando-se às novas evidências que vão surgindo ao longo de um processo.

Bruno começou dizendo que não via Elisa há um bocado de tempo. Depois viu, mas não fazia idéia de onde ela poderia estar.

Preso e confrontado com as provas, acabou admitindo que sim, ela esteve no sítio, mas recebeu 30 mil, pegou um taxi e foi embora, deixando o filho e as malas para tras. Qual é a lógica disso? Bruno não sabe! Claro que não deu pra explicar porque a criança foi escondida numa favela e as malas de Elisa devidamente queimadas.

Ficou tão insustentável a tese de que Elisa está viva em algum lugar do planeta, que o novo advogado resolveu admitir sua morte: Bruno, é claro, não sabia de nada. Tudo teria sido arquitetado à sua revelia!

Agora vem a divulgação de uma carta onde  ele -a conselho de seus advogados, segundo diz- avisa a Macarrão que é hora de partir para o plano B: o fiel escudeiro assumiria a culpa, e uma vez absolvido, Bruno ampararia o amigo e sua familia aqui fora.

Não deu pra negar a autoria da carta -os exames de grafologia estão aí pra isso. Mas o defensor do ex-goleiro não se deu por vencido e explicou o teor da mississiva: era uma carta de amor. Bruno estaria rompendo uma relação homossexual com o Macarrão!

O defensor foi aos programas de TV para explicar que Bruno era “homossexual ativo” e Macarrão “homossexual passivo”!!!

Bom, se era esse o segredo do video que Elisa teria  gravado no celular e que Bruno queria esconder às custas mesmo de cometer um assassinato, o tiro saiu pela culatra em todos os sentidos:  a face gay foi exposta, e a de assassino ninguém duvida mais: o goleiro fez gol contra!

9 Responses to Caso Bruno: bateu desespero!

  1. Artes da Marga julho 10, 2012 at 9:47 am #

    Aos trancos ele vai revelando o que todos sabemos e a justiça finge que não sabe.

  2. Silvio J Rocha julho 11, 2012 at 6:59 pm #

    Boa noite Gloria, espero que esteja bem!
    analisando estes casos de crimes contra mulheres, a maioria por motivos fútil me leva a pensar; O que se passa na cabeça de uma pessoa desta, agir com tamanha brutalidade,sem compaixão e misericórdia.
    será falta de amor, por falar nisto parece que o amor tem se esfriado nas pessoas, tem acontecido com muita frequência e com mais requinte de crueldade.
    muitos corações dilacerados principalmente das mães que perderam seus entes queridos.
    Queria deixar aqui o meu abraço e dizer: te admiro muito você é muito guerreira, mulher de fibra que não foge a luta.
    SILVIO J ROCHA.

  3. Elizabeth julho 12, 2012 at 8:12 pm #

    Dá nojo olhar para a cara desses dois assassinos.

  4. Elizabeth julho 14, 2012 at 9:41 am #

    Mais uma novidade de acordo com o código penal que está sendo elaborado, não poderemos mais chamar o “de menor” que comete delitos de infrator. Teremos que nos referir a ele como “menor em conflito com a lei”.

  5. Helio Thompson julho 15, 2012 at 9:34 am #

    O que me surpreende, é como num estado de descontrole emocional, se decide por recursos tão estúpidos e ignorantes. Qualquer outra forma de resolver o indesejado, seria até positivo e vantajoso para esses assassinos. Como por exemplo, a mulher que matou e esquartejou o marido. Ela podia ser beneficiada pela lei do adultério, receberia uma indenização e uma pensão para poder usufruir da sua própria vida em companhia da filha. Quanta estupidez e ignorância num descontrolado e impensado.
    O crime é burro!

    Helio

  6. Helio Thompson julho 15, 2012 at 9:36 am #

    O que me surpreende, é como num estado de descontrole emocional, se decide por recursos tão estúpidos e ignorantes. Qualquer outra forma de resolver o indesejado, seria até positivo e vantajoso para esses assassinos. Como por exemplo, a mulher que matou e esquartejou o marido. Ela podia ser beneficiada pela lei do adultério, receberia uma indenização e uma pensão para poder usufruir da sua própria vida em companhia da filha. Quanta estupidez e ignorância num descontrolado e impensado ato.
    O crime é burro!

    Helio

  7. Helio Thompson julho 15, 2012 at 9:36 am #

    O que me surpreende, é como num estado de descontrole emocional, se decide por recursos tão estúpidos e ignorantes. Qualquer outra forma de resolver o indesejado, seria até positivo e vantajoso para esses assassinos. Como por exemplo, a mulher que matou e esquartejou o marido. Ela podia ser beneficiada pela lei do adultério, receberia uma indenização e uma pensão para poder usufruir da sua própria vida em companhia da filha. Quanta estupidez e ignorância num descontrolado e impensado ato.
    O crime é burro!

    Helio

  8. Aninha Zortea julho 20, 2012 at 10:49 pm #

    Este cara é um “Asno” em se tratando de inteligência, porque o burro é um dos animais mais inteligente da face da terra. Mas chama-lo de “asno” é uma ofença para o pobre animal, porque o ASNO é só desprovido de inteligencia, agora este Bruno nasceu sem sentimento além de “DESINTELIGNTE “, é desumano.

  9. Gaby julho 26, 2012 at 10:04 am #

    Esse Bruno é um monstro. Ele e o namorado dele deveriam ficar para sempre na cadeia! Bruno&Macarrão juntos para sempre…

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes